Hacker invade sistema da UBS de Piacatu


Criminoso exigiu pagamento em dólar para devolver arquivos, mas Prefeitura não pagou pelo resgate

26/02/2018 14:44 - Atualizado em 04/04/2018 14:47 | Por: Otávio Manhani

Otávio Manhani/Jornal Comunicativo

Logotipo comunicativo original original original

A ação de pelo menos um hacker (pirata da internet) resultou no sumiço de todos os arquivos que estavam armazenados no servidor da UBS (Unidade Básica de Saúde) de Piacatu.

A informação obtida pelo Comunicativo foi que o criminoso teve acesso ao servidor e permaneceu conectado entre a 1h20 e 3h da madrugada do último dia 23 (sexta-feira). Mas somente às 7h é que os funcionários perceberam que o servidor havia sido hackeado.

Na tela do computador apareceu uma mensagem em inglês exigindo dinheiro para resgate dos arquivos. Conforme apurou a reportagem, o criminoso pediu o resgate em dólares e que o valor fosse convertido em bitcoin, que é uma moeda digital.

A Prefeitura não pagou pelo resgate dos arquivos, assim como também não divulgou a quantia exigida pelo criminoso. Também foi registrado um boletim de ocorrência sobre o episódio e a Polícia Federal foi acionada por pressupor de se tratar de um crime internacional.

Os funcionários da UBS entraram em contato com a empresa que é responsável pelo banco de dados, a qual orientou a reiniciar o servidor. Porém, ao reiniciar, os dados sumiram.

NORMALIZADO

Mesmo não tendo pago pelo resgate dos arquivos, o serviço foi normalizado no dia 26. Isso porque os funcionários da UBS conseguiram recuperar um arquivo de backup referente ao dia 22.

Com a normalização dos serviços, agora as autoridades policiais seguem com as investigações.