Igreja matriz de São Pedro, em Gabriel Monteiro, completa 50 anos


Em cinco décadas, oito padres estiveram à frente da igreja matriz

29/03/2017 17:37 - Atualizado em 29/05/2017 19:15 | Por: Otávio Manhani

Otávio Manhani/Jornal Comunicativo

Missa dos 50 anos da igreja matriz de gm %2852%29 original
Dom Arnaldo e dom Sérgio (centro) e padres durante a bênção final

A igreja matriz de São Pedro Apóstolo, de Gabriel Monteiro, completou 50 anos de fundação nesse dia 12 de março. Para festejar o Jubileu de Ouro, foi realizada uma missa pelos bispos dom Sérgio Krzywy - da Diocese de Araçatuba - e dom Arnaldo Carvalheiro Neto - da Diocese de Itapeva (SP).

Além do frei Claudemir José Garcia Vialli - que é o administrador paroquial em Gabriel Monteiro -, participaram da missa festiva alguns padres da Diocese de Araçatuba, entre eles Sebastião Gonçalves, que foi ordenado padre em 1995, em Gabriel Monteiro, e esteve à frente da Paróquia São Pedro Apóstolo até fevereiro de 2007.

Na homilia, dom Sérgio mencionou a fé vivenciada pela comunidade católica do município durante essas cinco décadas dedicadas à transmissão da palavra de Deus.

“É a história de um povo que caminhou aqui, vivendo e expressando a sua fé. E uma história que o povo quer continuar realizando. O povo que vive hoje olha sua história passada, mas olha também para frente. Quer que as maravilhas que Deus realizou no passado que Ele continue realizando hoje e nas gerações futuras”, mencionou dom Sérgio.

Na sequência, dom Arnaldo Carvalheiro Neto relembrou do período em que foi padre no município, entre 2007 a 2016. “No tempo em que eu pude caminhar com vocês, pude atestar que esta é uma comunidade santa, que se deixa envolver pela graça de Deus”, relatou o bispo.

E continuou: “Peço a vocês que continuem caminhando com entusiasmo, que vocês cresçam na união, na compaixão, na solidariedade, na reconciliação e ainda mais na santidade. Sejam santo como nosso Pai é santo. Que vocês nunca percam a esperança. Vocês são uma comunidade pequena, mas com um coração muito grande. Que Deus possa abençoá-los”.

“Que vocês possam caminhar com o frei Claudemir com muito entusiasmo; sigam à diante. E contem sempre conosco com nossas orações, nosso carinho e amizade. Que a alegria do Senhor seja sempre a força de vocês; que vocês possam servir sempre ao Senhor na alegria”, concluiu dom Arnaldo Carvalheiro Neto.

Breve histórico

A instalação da Paróquia de São Pedro Apóstolo, em Gabriel Monteiro, aconteceu em 12 de março de 1967 após o parecer de dom Pedro Paulo Koop (1905-1988), então bispo da Diocese de Lins.

O primeiro pároco foi o padre João Hans, que ficou por apenas 52 dias (12 de março a 2 de maio), pois ele estava designado para o município de Clementina.

Na sequência assumiu a paróquia o padre holandês Tiago Jacobus Bunner - vindo das missões da África -, onde permaneceu até 31 de agosto de 1986 ao pedir afastamento para tratamento de saúde. Ele morreu em dezembro do mesmo ano.

Posteriormente o também padre holandês Bernardo Braakhuis (1918-2014) assumiu a paróquia e permaneceu até 28 de fevereiro de 1994. O padre Cláudio Borelli permaneceu de março a julho, enquanto que padre Paulo Batista de Souza ficou de agosto de 1994 a fevereiro de 1995.

Depois passou pela paróquia padre Sebastião Gonçalves, de 1995 a 2007; e padre Arnaldo Carvalheiro Neto, de 2007 a 2016; padre Robson Leandro Suffi Hanna e, agora, o frei Claudemir José Garcia Vialli.

GALERIA DE FOTOS

  • Missa dos 50 anos da igreja matriz de gm %2852%29 original
  • Missa dos 50 anos da igreja matriz de gm %2822%29 original
  • Missa dos 50 anos da igreja matriz de gm %2823%29 original
  • Missa dos 50 anos da igreja matriz de gm %2824%29 original
  • Missa dos 50 anos da igreja matriz de gm %2830%29 original